Brasília

O que fazer em Brasília
 
 
A Capital Federal do Brasil, Brasília é a maior cidade do mundo construída no século XX e foi criada a frente do seu tempo, foi construída durante o governo de Juscelino Kubitschek, com projeto urbanístico de Lúcio Costa e arquitetônico de Oscar Niemeyer.
Além de ocupar o posto de terceira cidade mais rica do país, a Capital do Brasil possui um projeto urbanístico em formato de avião em homenagem à era do jato que estava iniciando, chamado Plano Piloto. Nos lados nortes e sul ficam as alas residenciais, enquanto o Eixo Monumental forma o corpo do jato e concentra muitos cartões postais como o Congresso Nacional, a Catedral, o Palácio do Planalto, o Museu da República e o Memorial JK.
Os traços marcantes de Brasília conquistam visitantes do Brasil e do mundo. Desde 1987 é conhecida como Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO e possui a maior área urbana tombada do mundo com 112.25 km, além de ser a única cidade do mundo a receber este título com menos de 100 anos de existência.
Brasília é um museu a céu aberto, cada monumento, parque ou avenida da capital federal foram totalmente planejados com ideais modernistas e com maravilhas arquitetônicas. Além disso, a cidade conta com atrações contemporâneas, museus, opções de ecoturismo e muita área verde.
Para os amantes da natureza e aventura, Brasília é o lugar ideal. As nascentes da maioria dos rios do Brasil nascem no cerrado, nas imediações da capital o que proporciona verdadeiros paraísos naturais em seus arredores. São mais de 1000 cachoeiras, parques ecológicos e destinos imperdíveis como a Chapada dos Veadeiros que fica a menos de 300 km de Brasília.
Seja no Congresso Nacional, o coração de Brasília; no Parque da Cidade, o maior parque urbano do mundo, maior até que o Central Park em Nova York ou até mesmo no espetáculo do pôr do sol que é uma atração à parte, a cidade surpreende de todas as maneiras.
 
Esplanada dos Ministérios / Eixo Monumental
A Esplanada dos Ministérios é um vasto gramado que abriga 17 prédios dos ministérios do Governo Federal.
 
Palácio da Alvorada
Inaugurado em 1958, o Palácio da Alvorada é a Residência oficial do Presidente da República.
Projetado por Oscar Niemeyer, o prédio que parece flutuar é o símbolo da capital.
Com visitação aberta ao público, o programa inclui passeios guiados às quartas-feiras. São distribuídas 300 senhas a partir das 14h, recomenda-se chegar antes. A visitação é das 15h às 17h.
  
Destaques
Escultura As Banhistas, de Ceschiatti
Escultura Rito dos Ritmos, de Maria Martins
Pequena capela
Parede de azulejos dourados localizada no hall de entrada
Capela
Paisagismo de Roberto Burle Marx
 
Igreja Nossa Senhora de Fátima - Igrejinha
Projetada por Oscar Niemeyer a igreja foi construída em 1958. Possui um formato curioso que parece um chapéu de noviça.
 
Destaques
Azulejos na lateral
Pomba invertida - que representa o Espírito Santo
Ônibus panorâmico/ Brasília City Tour
O Brasília City Tour é um passeio de 2h num ônibus de dois andares. Muito parecidos com os tours oferecidos em Madri, Paris, Londres, Nova York, mas em Brasília não dá para descer e subir na hora que quiser. O trajeto passa por 22 pontos turísticos da cidade, com narração em português, espanhol e inglês.  Parando somente na Catedral Metropolitana, na Praça dos Três Poderes e no Palácio da Alvorada, por apenas 10 minutos em cada parada.
Asaída é feita do Brasília Shopping, onde são adquiridos os ingressos.  De Segunda a Sexta (10h30, 14h30 e 17h) e Sábado e Domingo (10h30, 13h, 15h30 e 17h).
 
Museu de valores do Banco Central do Brasil
O edifício é o mais alto da cidade com 21 andares, possui seis subsolos onde estão os cofres do Tesouro Nacional. Projetado por Hélio Ferreira Pinto, sua planta foi inspirada no logotipo da instituição. O acervo é composto por barras de ouro, moedas, cédulas, medalhas e documentos sobre a história econômica do Brasil. Entre as coleções, destacam-se as de moedas e cédulas brasileiras, incluindo a edição comemorativa da peça da Coroação, em homenagem à Dom Pedro I, em 1822 e a maior pepita do Brasil.
De Terça a sexta, das 9h às 18h, e aos sábados, das 14h às 16h.
 
Catetinho - Museu do Catetinho
Projetado por Oscar Niemeyer, o prédio todo em madeira, com cômodos simples foi à primeira residência oficial do presidente Juscelino Kubitschek. Recebeu o nome Catetinho em referência ao Palácio do Catete, no Rio de Janeiro, sede do governo federal até a inauguração da nova Capital Federal. É possível visitar a antiga suíte presidencial, a sala de despachos, o quarto dos membros do governo, o quarto de hóspedes e a sala de refeições no térreo. Todos com objetos e mobiliário original.
Entrada franca
Terça a domingo das 9h às 17h
 
Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB)
O Centro Cultural Banco do Brasil inaugurado em 2000 abriga dezenas de peças, exposições, filmes e outros eventos culturais. O edifício é cercado por um jardim com quatro estruturas de metal gigantes e interativas, desenvolvidas pelo artista Darlan Rosa.
 
Espaço Oscar Niemeyer
Localizado na parte posterior da Praça dos Três Poderes, o Espaço Oscar Niemeyer é uma pequena edificação cilíndrica que abriga painéis, desenhos e fotos das obras de um dos arquitetos mais importantes do século XX.
Horário: Terça a domingo, das 10h às 17h.
 
Quartel General do Exército
O Quartel General possui projeto arquitetônico de Oscar Niemeyer e paisagístico de Burle Marx. É um conjunto de edifícios de linhas sóbrias e um palanque monumental, conhecido como Cúpula da Espada de Caxias. Abriga ainda a Praça dos Cristais, um conjunto de esculturas de pedra em forma de cristais de rocha e o Oratório do Soldado.
Visitação: somente na área externa.
 
Mesquita do Centro Islâmico do Brasil
É a única mesquita existente em Brasília com capacidade para mil pessoas, numa área de 2.800 m². Construída em autêntica arquitetura árabe, possui um minarete.
Horário: Segunda a domingo, das 10h às 17h, exceto sexta feira.
 
Templo Budista da Terra Pura
O templo é uma réplica do templo de Fukui, no Japão. Uma estátua de Buda adorna o altar central, cujo interior é todo dourado.
Horário: Domingos, das 9h às 11h.
 
Oratório do Soldado
Localizado no centro de um espelho d'água e é uma construção circular apoiada em pórticos de concreto. O Oratório do Soldado é um templo ecumênico construído pelo Exército Brasileiro para atender ao público militar.
Horário: Segunda das 8h às 16h30, de terça a sexta, das 13h às 17h. Sábado, das 8h às 17h.
  
Lago Paranoá
O Lago Paranoá é um lago artificial criado junto com Brasília na época do governo de Juscelino Kubitschek. O lago possui 40 Km² de extensão e 48 metros profundidade e algumas praias artificiais, como a “Prainha” e o “Piscinão do Lago Norte”.
Como Brasília não possui mar, o Lago Paranoá faz da cidade referência para o mercado náutico que possui a terceira maior frota de embarcações do país, atrás do Rio de Janeiro e de São Paulo. O lago está cercado por 32 clubes recreativos e esportivos, cerca de 50 bares e restaurantes, diversas casas noturnas.
Uma atração imperdível é fazer o passeio de barco que permite navegar em um dos maiores lagos artificial do mundo.
 
Pontão do Lago Sul
O Pontão do Lago Sul é o maior centro de entretenimento e lazer da capital, cercado por 32 clubes recreativos e esportivos, casas noturnas, repleto de bares, restaurantes, além de uma bela visão para o Lago Paranoá.
 
Parque da Cidade (Parque Sarah Kubitschek)  
O Parque da Cidade Sarah Kubitschek foi fundado em 1978 e é o maior parque urbano de Brasília e do mundo, com 420 hectares. É maior até que o Central Park em Nova York.
Oferece um amplo espaço para corridas, caminhadas, ciclovias, quadras poliesportivas, parque de diversão, trilhas, lagos, ipês coloridos, além de um pavilhão coberto para feiras e exposições. Ideal para curtir a natureza no meio da selva urbana, o parque é lar de capivaras, tatus, tucanos e emas.
 
Água Mineral – Parque Nacional de Brasília
Um dos mais famosos e conhecidos parques ecológicos de Brasília, o Parque Nacional mais conhecido como Água Mineral é uma das ótimas opções de lazer e turismo no distrito Federal, o local conta com piscinas abastecidas com águas das várias nascentes e trilhas ecológicas.
Diariamente das 8h às 16h.
 
Jardim Botânico
Foi fundado em 1985, o primeiro Jardim Botânico do Brasil dispõe de uma grande variedade de plantas nativas e não nativas do cerrado em mais de 5 mil hectares. Conta também com diversas espécies de animais e trilhas ecológicas.
De terça à domingo das 9h às 17h
 
Parque Olhos D’Água (Parque Ecológico)
Também conhecido como Parque Ecológico foi fundado em 1994, o parque possui uma grande extensão de área verde, pista de corrida, trilhas no bosque e um lago.
 
Jardim Zoológico
O Jardim Zoológico de Brasília foi inaugurado em 1957, antes mesmo da capital do Brasil. O parque ocupa uma área de 139 hectares e conta com diversas espécies de animais do Brasil e do mundo. São 1400 animais de 217 espécies, entre aves, répteis e mamíferos.
Aberto para visitação de terça a domingo, das 09h às 17h.
 
Biblioteca Nacional
A Biblioteca Nacional de Brasília foi concebida no plano original de Brasília, assinado por Lúcio Costa quando o urbanista projetou a capital federal com Oscar Niemeyer e outros arquitetos.
Conta com um acervo de cerca de 100 mil livros, salas de estudo, computadores, periódicos e jornais nacionais e estrangeiros. Oferece o serviço de visitação que podem ser agendados pelo e-mail bnb@bnb.df.gov.br
 
Museu Nacional
O Museu Nacional é integrante do Conjunto Cultural da República, foi concebido por Oscar Niemeyer. O espaço é utilizado para eventos, exposições itinerantes de artistas renomados, palestras, mostra de filmes e seminários. A enorme cúpula, na entrada da Esplanada dos Ministérios, possui uma grande rampa de entrada e remete o visitante a uma nave espacial, assim como a curva futurística que liga os dois andares do prédio. 
Terça-feira a domingo, das 9h às 18h30.
Entrada gratuita
 
Museu da Cidade de Brasília
O Museu da Cidade projetado por Oscar Niemeyer é o museu mais antigo da capital. Construído com o objetivo de preservar os trabalhos referentes à história da construção de Brasília.
De terça a domingo e feriados de 9 às 18h
Entrada franca
 
Estádio Nacional de Brasília – Mané Garrincha
O Estádio Nacional de Brasília, também conhecido como Mané Garrincha foi inaugurado em 1974 com capacidade para 45.200 pessoas. Agora totalmente reformado para a Copa do Mundo no Brasil, o estádio se transformou em uma arena multiuso, com 71 mil lugares.
As visitas ao estádio precisam ser agendadas.
 
Memorial JK
O mausoléu projetado por Oscar Niemeyer guarda os restos mortais de Juscelino Kubitschek e sua memória. Possui auditório e uma biblioteca com três mil volumes que pertenceram ao ex-presidente. Abriga exposição permanente, objetos e fotos do fundador de Brasília.
Seu exterior possui um pedestal de 28 metros de altura, com a estátua de Kubitschek.
De Terça a Domingo, de 9h às 18h.
 
Museu da Caixa Econômica (Centro Cultural)
O Conjunto Cultural da Caixa comporta cinco galerias, o Teatro da Caixa, projeto didático Gente Arteira, Mostras do Acervo Artístico e Histórico da Caixa, Jardim das Esculturas, Átrio dos Vitrais, Livraria e Café Cultural. O Museu da Caixa Econômica abriga mais de 5000 peças, que incluem objetos como máquinas de escrever e cofres antigos. O edifício tem a forma de uma torre cilíndrica cuja superfície é composta por lâminas verticais de concreto. Seu interior é completamente vazado por uma escada circular.
Terça a Domingo das 09h às 18h
 
Catedral Metropolitana de Brasília       
Projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer, localizada na Esplanada dos Ministérios, a Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida foi o primeiro monumento criado em Brasília. O acesso ao seu interior é feito por uma passagem subterrânea. Os 16 pilares curvos de concreto que se unem no topo representam a coroa de espinhos de Jesus. A catedral possui um acervo de obras de arte: no lado externo, as esculturas dos quatro evangelistas, de Alfredo Ceschiatti e os sinos doados pelo governo espanhol. Em seu interior as pinturas de Di Cavalcante, os vitrais de Marianne Peretti, um painel em cerâmica de Athos Bulcão, no Batistério, além da primeira réplica de “Pietá”, de Michelângelo, feita de mármore e resina doada por Paulo Xavier.
Diariamente, das 8h às 18h.
Entrada franca
 
Catedral Santa Maria dos Militares, Rainha da Paz (Catedral militar)
Sua arquitetura em formato triangular remete a uma barraca de campanha e foi projetada por Oscar Niemeyer. A pedra fundamental foi abençoada pelo Papa João Paulo II em 1991, durante sua visita ao Brasil. Possui um interior simples.
Diariamente, das 7h às 20h.
 
Memorial dos Povos Indígenas
O Memorial projetado por Oscar Niemeyer em forma de espiral remete a uma maloca redonda dos índios Yanomami. O acervo abriga peças de várias tribos, com objetivo de mostrar a grande diversidade e riqueza da cultura indígena nacional.
Terça a sexta-feira, das 9h às 17h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 17h.
 
Teatro Nacional Cláudio Santoro
Projeto de Oscar Niemayer o Teatro Nacional tem a forma de uma pirâmide irregular com cubos e retângulos na fachada, numa composição de Athos Bulcão. Os adornos da fachada recebem o nome O Sol, suas sombras projetadas pelos blocos mudam de acordo com o horário do dia e a quantidade de luz. Possui três salas de espetáculo: Villa Lobos, Martins Penna e Alberto Nepomuceno, além do Espaço Cultural Dercy Gonçalves.
A Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional se apresenta gratuitamente toda semana, às terças-feiras.
Segunda a sexta, das 8h às 12h; e das 14h às 18h
 
Centro Poliesportivo Ayrton Senna
Um dos maiores complexos esportivos do país, o Complexo Poliesportivo Ayrton Senna abriga o Estádio Mané Garrincha, um ginásio de esportes, quadras polivalentes, conjunto aquático, pistas de atletismo e de motocross e o Autódromo Nelson Piquet.
 
Centro de Convenções Ulysses Guimarães
O Centro de Convenções ocupa uma área total de 54 mil metros quadrados, com capacidade para receber 9,4 mil pessoas. Com capacidade para grandes eventos, sua infraestrutura conta ainda com salas de reuniões e auditórios com alta tecnologia, sendo considerado um dos melhores do país.
Segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 14h às 18h.
Entrada franca
 
Museu Nacional dos Correios (Museu Postal e Telegrafo)
O Museu Nacional dos Correios conta a historia do correio no Brasil. Inaugurado em 15 de janeiro de 1980, como Museu Postal e Telegráfico da ECT, ficou 12 anos fechado e foi reaberto em 2012 como Museu Nacional dos Correios. Seu acervo possui cerca de um milhão de peças.
Seg./dom.: Fechado. Ter./Sex.: 09h às 18h e Sáb.: 09h às 13h
 
Espaço Lúcio Costa
O Espaço Lúcio Costa é uma construção subterrânea localizada na Praça dos Três Poderes e idealizada por Oscar Niemeyer como uma homenagem a Lúcio Costa. Abriga no seu interior a Maquete de Brasília com 179 metros quadrados, cópias dos croquis e do Relatório do Plano Piloto, apresentados por Lúcio Costa em 1957, além de fotos históricas da época da construção e inauguração da cidade.
Diariamente, das 9h às 18h.
 
Panteão da Pátria Tancredo Neves
O Panteão da Pátria foi construído em homenagem ao ex-presidente Tancredo Neves e aos heróis da Pátria. Projetado por Oscar Niemeyer, sua forma sugere a imagem de uma pomba. No acervo, uma exposição permanente homenageia os heróis nacionais, o Mural da Liberdade, de Athos Bulcão; o Painel da Inconfidência Mineira, de João Câmara; o Vitral, de Marianne Peretti; e o Livro de Aço dos Heróis Nacionais. O espaço integra o Centro Cultural Três Poderes.
Entrada franca
Visitação: Diariamente, das 9 às 18h
 
Palácio do Buriti
É a sede do Governo do Distrito Federal, abriga o Gabinete do Governador e as Secretarias no edifício anexo. Seu nome se deve a uma palmácia típica do cerrado, a Buriti. Em frente ao Palácio, pode-se ver a cópia da famosa escultura da Loba Romana amamentando os irmãos Rômulo e Remo. A escultura, um presente do governo da Itália, é símbolo da fundação de Roma.
As visitas internas são proibidas
 
Palácio do Planalto
A sede do Poder Executivo abriga o Gabinete Presidencial do Brasil. O Palácio do Planalto foi inaugurado em 21 de Abril de 1960, seu projeto arquitetônico foi assinado por Oscar Niemeyer. Seu acesso é feito pela famosa rampa. A troca de guarda é realizada a cada 2 horas e todas as sextas-feiras às 17h30, realiza-se a cerimônia de arriamento da bandeira com a presença de bandas e Dragões da Independência. Na área externa, um espelho d’água com carpas japonesas. Os anexos abrigam uma biblioteca com mais de 33 mil exemplares, importantes obras de arte e mobiliário do século XVIII.
O passeio passa pelo Salão Nobre e pelo Salão Oeste, com um lindo painel de Burle Marx. O local mais interessante, porém, é a Sala de Reunião Suprema, onde acontecem os encontros com os ministros e o Gabinete Presidencial está localizado no terceiro andar.
Entrada franca
Todos os domingos, das 9h30 às 13h30.
 
Palácio do Itamaraty
Palácio do Itamaraty
A sede do Ministério das Relações Exteriores foi projetada por Oscar Niemeyer, possui paisagismo assinado por Roberto Burle Marx e painéis de artistas importantes como Athos Bulcão, Rubem Valentim, Sérgio Camargo, Cândido Portinari, Victor Brecherer, entre outros.
O prédio possui a fachada em arcos, e é rodeado por um espelho d'água que serve de cenário para a famosa escultura o Meteoro, que representa os cinco continentes, obra de Bruno Giorgi.
O palácio abriga ainda obras de arte presenteadas por personalidades e embaixadas estrangeiras, como esculturas, quadros, mobília e tapetes.
Visitas guiadas de hora em hora. De segunda a sexta-feira: das 9h às 12h e das 14h às 18h. Sábados, domingos e feriados: das 9h às 12h e das 13h às 18h.
 
Congresso Nacional
Projetado por Oscar Niemeyer o cartão-postal de Brasília, sede do Poder Legislativo é um conjunto de construções formado por dois prédios verticais de 28 pavimentos, onde se destacam as duas cúpulas representando os plenários, sendo a cúpula côncava (Senado) e outra convexa (Câmara dos Deputados).
Nas visitas guiadas é possível conhecer o Salão Negro, o Salão Verde, o Salão Nobre, os Plenários da Câmara e do Senado, bem como as galerias e a chapelaria do Senado. Além de apreciar o acervo com obras de Di Cavalcanti, Alfredo Ceschiatti, Marianne Peretti, Fayga Ostrower, Carybé e Maria Bonomi.
Aberto diariamente para visitas guiadas a cada meia hora de segunda a sexta, das 9h30 às 12h e das 15h30 às 16h30. Fins de semana e feriados, das 10h às 14h.
Necessário agendamento para grupos com mais de 15 pessoas e para visitas as terças e quartas-feiras elo site www.congressonacional.leg.br/visite
 
Torre de TV de Brasília
A Torre de Televisão de Brasília foi projetada por Lúcio Costa. É o ponto mais alto do Plano Piloto e possui 224 metros de altura. Do mirante, que está a 75 metros, é possível ter uma bela vista panorâmica do Eixo Monumental, Lago Paranoá, Parque da Cidade e Asa Sul e Norte.
No primeiro andar funciona o Museu Nacional de Gemas. No térreo, em volta da torre, acontece nos fins de semana e feriados, a feira de artesanato. À noite, o lugar fica ainda mais bonito, graças à Fonte Luminosa, que garante um show de águas e luzes.
Segunda, das 14h às 20h, e de terça a domingo, das 8h às 20h.
Entrada franca
 
Fonte Luminosa da Torre de TV
A Fonte Luminosa da Torre de TV é um show de águas coloridas e sincronizadas que possui dois mil bicos ejetores de água. O jato principal chega a alcançar 50 metros de altura. Em meio às alterações de sons, formas e cores, um telão de água com 40x15 metros exibe projeções para pequenos filmes e fotos. O espetáculo ocorre em horários variados
 
Modo Ornamental – movimento das águas
Quartas, quintas e sextas-feiras:
1º. Das 7h às 9h
2º. Das 11h30 às 14h30
3º. Das 18h às 22h * Com uma hora a mais na sexta-feira
Modo Espetáculo com jogo de luzes e movimento das águas:
Terças, quintas e sábados:
19h30 – Show de Cores e Melodia
Modo Música Livre:
Sábados, domingos e feriados
Das 9h às 22h, com músicas de uma em uma hora
 
Feira Da Torre
No térreo, em volta da torre, acontece nos fins de semana e feriados, a mais tradicional feira de artesanato de Brasília, conhecida como a Feira da Torre. Nas barracas são vendidos artesanato, bijuterias e comida.
 
Torre de TV Digital        
A Torre de TV Digital de Brasília é última obra de Oscar Niemeyer erguida na cidade. Batizada de Flor do Cerrado foi projetada para ser uma torre de transmissão televisiva do sistema de TV Digital.
O mais novo ponto turístico da cidade possui um mirante situado a 120 metros de altura que permite contemplar uma vista de 360º de Brasília. Duas pétalas completam a torre, a primeira cúpula, a 60 metros, abriga uma sala de exposições e um café. Já a segunda cúpula, a 80 metros de altura, um restaurante com vista panorâmica.  Conta com um espelho d’água em sua base. A torre possui uma iluminação especial que permite que seja vista de vários pontos.
Entrada gratuita
Sábados, Domingos e Feriados das 09h às 17h. As senhas para visitação do mirante são distribuídas até as 16 h.
 
Palácio de Justiça/ Ministério da Justiça
O Palácio da Justiça é a sede do Ministério da Justiça, desenhada por Oscar Niemeyer possui estrutura gótica e moderna, com uma fachada formada por lajes curvas entre arcos com cascatas artificiais que alimentam um grande lago.
Não há possibilidades de visitas internas.
 
Superior Tribunal de Justiça
O conjunto de prédios do Superior Tribunal de Justiça, projetado por Oscar Niemeyer, é inspirado nas pirâmides. Possui dois blocos irregulares, que abrigam os plenários do tribunal. O bloco mais baixo, apoiado sobre pilares em forma de tronco de pirâmide, abriga as salas menores de julgamento. Na fachada principal, destaque para parede de Marianne Peretti, e uma pintura-mural de Valandro Keating.
 
Supremo Tribunal Federal Brasília
Projetado por Oscar Niemeyer, o Supremo Tribunal Federal possui obras de arte distribuídas por seus espaços internos e um museu com o plenário da antiga sede no Rio de Janeiro, além de móveis, togas e objetos pessoais de ex-ministros. Em exposição permanente, a história das leis e de todas as Constituições do país.
Visita guiada de segunda-feira, terça-feira e sexta-feira (dias úteis) 10h30 - 12h e das 14h - 18h. Nos dias úteis não são permitidos trajes esportivos e é necessário o agendamento prévio de no mínimo 5 dias de antecedência. Finais de semana e feriados das 10h - 15h30 - saídas a cada 30 minutos (não há exigência de traje formal e não é necessário agendamento prévio)
 
Casa do Cantador
Projetada por Oscar Niemeyer, a Casa do Cantador é conhecida como o Palácio da Poesia e da Literatura de Cordel. Localizada em Ceilândia, região com grande concentração de imigrantes nordestinos, a casa oferece apresentações de cantores de repente e embolada, oficinas, além de reunir um acervo extenso de cordéis, de escritores como Jorge Amado e Ariano Suassuna. 
De segunda-feira a sexta-feira das 9h às 18h (nos dias de eventos noturnos, abre conforme horário da programação).
 
Praça dos Três Poderes
A Praça dos Três Poderes abriga as sedes dos três poderes do Estado: o Palácio do Planalto (Executivo), o Congresso (Legislativo) e o Supremo Tribunal Federal (Judiciário). Idealizada por Lúcio Costa e projetada por Oscar Niemeyer, o amplo espaço cívico abriga algumas obras como Os Guerreiros, de Bruno Giorgi, o Mastro da Bandeira e o Museu Histórico de Brasília, em cuja fachada há a escultura da cabeça de JK.
 
Destaques
Os Guerreiros, de Bruno Giorgi
O Pombal, escultura de Niemeyer
Mastro da Bandeira, monumento de Sérgio Bernardes de 100 metros de altura, que possui que  maior bandeira permanentemente hasteada do mundo. (A cada primeiro domingo do mês, acontece à solenidade de Troca da Bandeira, com desfile de tropas militares e banda de musica)
A Justiça, escultura de Alfredo Ceschiatti
Museu Histórico de Brasília
Pira da Pátria (construção que abriga no topo uma tocha permanentemente acesa)
Marco Brasília (escultura de Oscar Niemeyer em comemoração ao ato da UNESCO declarar Brasília Patrimônio Cultural da Humanidade)
O Panteão da Pátria que homenageia os heróis nacionais
Mural da Liberdade, de Athos Bulcão
Painel da Inconfidência Mineira de João Câmara
Vitral de Marianne Peretti
 
Ponte JK Brasília / Ponte Juscelino Kubitschek
Eleita em 2003 como a ponte mais bonita do mundo pela Sociedade de Engenharia do Estado da Pennsylvania, nos Estados Unidos, a Ponte Juscelino Kubitschek, mais conhecida como Ponte JK  possui 1200 metros de extensão, 24 metros de largura, duas passarelas nas laterais para ciclistas e pedestres e comprimento total dos vãos de 720 metros. É formada por três arcos metálicos que se intercalam por cima das pistas e calçadas. A posição intercalada dos arcos representa o movimento de uma pedra quicando sobre a água.
A obra do arquiteto Alexandre Chan, é um dos monumentos mais fotografados da capital.
 
Templo da Boa Vontade
Com uma proposta ecumênica o templo da LBV recebe anualmente mais de 1 milhão de pessoas . O local está aberto 24 horas, 7 dias da semana e é o monumento mais visitado de Brasília. Construído em forma de pirâmide de sete lados, tem 21 metros de altura. A parte interna conhecida como nave, possui um cristal puro que pesa 21 quilos e tem 40 centímetros de altura, e está depositado no ápice da pirâmide.
Sob o cristal há o caminho da peregrinação - uma espiral desenhada no piso com pedras negras, onde as pessoas caminham descalças até o centro da espiral para tocar um pequeno círculo de cobre. O retorno é pelas pedras brancas, que significam o caminho da purificação. Ao final, tomam um gole de água da fonte, que faz o percurso espiral da nave, por baixo da terra, e jorra num jardim.
O local abriga uma galeria de arte com exposições itinerantes e uma sala Egípcia (com móveis e decoração que representam o país).
 
Praça do Cruzeiro
A Praça do Cruzeiro é o ponto mais alto de Brasília, a 1.172 metros de altura. Abriga uma cruz que é uma replica da original que transferida para a Catedral Metropolitana.
 
Parque Ecológico Ermida Dom Bosco
O Parque Ecológico Dom Bosco está localizado às margens do Lago Paranoá. É um ótimo ponto para contemplar a vista panorâmica da área central de Brasília e do Palácio da Alvorada, além de ser o melhor lugar para acompanhar o pôr do sol brasiliense: o terreno é alto e inclinado, com vista para o lago.
Possui área de 131 hectares, cerca de 2 km trilhas em meio a plantas nativas do cerrado, ciclovia e pista de corrida. Abriga a Ermida Dom Bosco, além de uma capelinha e um anfiteatro a céu aberto com capacidade para 10 mil pessoas.
 
Fundação Athos Bulcão
A Fundação Athos Bulcão preserva o legado de um dos artistas mais representativos de Brasília, autor de painéis de azulejos, esculturas e vitrais.
De segunda à sexta-feira das 9h às 18h e aos sábados das 10h às 17h.
 
Santuário Dom Bosco / Ermida Dom Bosco
A capela em forma de pirâmide foi construída em homenagem a São João Bosco, o padroeiro de Brasília. Inaugurado em 1970, a construção projetada por Cláudio Naves possui 12 de tonalidades azuladas de vitrais que faz com que a iluminação se assemelhe a um céu estrelado.
Abriga um lustre desenhado formado por 7.400 copos de murano e 400 lâmpadas fluorescentes, pesando 2,6 toneladas.  Seu exterior em concreto e no estilo gótico é formado por 80 colunas de 16 metros de altura.
 
Planetário de Brasília
O Planetário de Brasília foi totalmente revitalizado, abriga exposições, oficinas, exibições de filmes e uma biblioteca digital.
 
Arredores
 
Chapada Imperial
Famosa por ser o ponto mais alto de Brasília, com 1.342 metros, a Chapada Imperial é um dos lugares mais procurados para pratica de esportes radicais, banhos de cachoeira e trilhas ecológicas. A reserva ecológica particular possui formações rochosas e cânions em terrenos acidentados.  O local abriga área de mata, campo e cerrado preservados, além de animais ameaçados de extinção, como o lobo-guará, o tamanduá-bandeira e o tatu-canastra. Tudo isso a, aproximadamente50 km do centro de Brasília.

Poderá também gostar de:
Intercâmbio: Work Experience EUA
Quer estudar e trabalhar no exterior? O Work Experience IE Estado Unidos pode ser a opção certa.
Tipos de Intercâmbio
Está pensando em fazer um intercâmbio? Saiba mais.
Amazonas
 Brasil  Amazonas    Manaus     Atrativos Naturais de Manaus     Atrativos Culturais
Cusco
A capital do império inca é caminho obrigatório para quem vai à Machu Picchu e base para ir a vários sítios

Busca

Tradutor

Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Spanish