Alasca



Alasca

O Alasca (em inglês Alaska) é um dos 50 estados dos Estados Unidos e o maior em extensão territorial, situado no topo do continente norte-americano e separado do resto do país pelo Canadá.
Dividido em três partes, o Sudoeste, também conhecido como Inside Passage (passagem interna) que é um longo e estreito conjunto de ilhas entre o Oceano Pacífico e as montanhas do Canadá. Já no extremo Noroeste fica grande parte do território do Alasca e na direção Oeste fica o arquipélago vulcânico das ilhas Aleútas.
Conhecida como terra dos ursos polares, embora não seja muito fácil avistar um deles. Mas por outro lado, as baleias orcas fazem a alegria dos turistas, principalmente quando se aproximam dos navios.


 
Alasca é uma terra de superlativos e de aventura, a região montanhosa é um cenário favorável ​​para esqui, trilhas nórdicas e atividades na neve. O maior estado americano tem a montanha mais alta da América do Norte (Monte McKinley) e mais geleiras do que pessoas, além disso,  possui o maior litoral do país e os dias mais longos nos meses de verão. As luzes dançantes da Aurora Boreal, também conhecida como as luzes do norte, proporcionam uma experiência inesquecível e atrai visitantes de todo o mundo.


As florestas do Norte, chamada de floresta boreal, fornecem habitat para uma abundância de vida selvagem do Alasca, estas florestas são adaptadas a invernos longos e frios e verões curtos e pouca precipitação.
É possível chegar ao Alasca por transporte rodoviário, ar e água. Também é possível ir de carro desde o Canadá. Assim como desde Washington usando as balsas do Alaska Marine Highway System, que operam viagens marítimas entre Belingharm Porto em Washington ao porto de ferry de Haines, no Alasca.



Aventura
Mesmo se você não tem muita experiência ao ar livre, excursões de dia e visitas guiadas permitem descobrir o Alasca. É possível caminhar numa geleira da era do gelo, sobrevoar a região, fazer um passeio de trenó puxado por cães, se aventurar fazendo rafting, caiaque ou passeios de barco. Não importa o seu interesse, certamente irá encontrar alguma aventura feito sob medida para você.

 
Atividades de inverno
O inverno no Alasca possui um branco infinito e inúmeras atividades e eventos, e ao contrário do que muitos pensam o Alasca não é nem tão escuro nem tão frio como muitos imaginam.
No inverno é possível ter dependendo da região entre 6 e 13 horas de luz, entre uma tonelada de crepúsculo em uma extremidade e intermináveis ​​madrugadas do outro.
Além disso, proporciona infinitas oportunidades de aventura ao ar livre como passeios de trenos puxados por cães, a visualização da Aurora Boreal, snowboard e esqui (nórdico e alpino) e caminhadas com raquetes de neves.

 
Observação da vida selvagem
A natureza intocada do Alasca é, talvez, o último vestígio de populações prósperas de vida selvagem da América do Norte, onde é possível ver ursos polares, águias, baleias, lobos, ursos, orcas, linces, alces, e centenas de outras espécies raras e ameaçadas de extinção em seus originais habitats naturais.

 
Passeios
Diversos passeios são oferecidos na região, desde observação de baleias, passeios para ver as geleiras, visitas às cidades históricas e minas de ouro.  A partir da Inside Passage ao Fairbanks, no coração do estado para as águas frias do Oceano Ártico até a ponta da península de Kenai, está o melhor que o Alasca tem a oferecer.


Passeios de aventuras, pesca, cruzeiro de observação ou passeios de trem através de algumas das paisagens mais espetaculares do mundo são imperdíveis.
Experimentar a beleza de tirar o fôlego do Alasca a partir do ar é uma experiência inesquecível. Não há melhor maneira de descobrir as vastas extensões de beleza natural do Alasca do que sobrevoando algumas das montanhas mais impressionantes da América do Norte.


................................................................................................................................................................
Principais atrações

Ketchikan
Primeira parada do Inside Passage dos cruzeiros e ferryboats.

 
Destaques
Montanhas ao fundo
Creek Street (casas de madeiras coloridas construídas sobre palafitas ligadas por uma calçada de madeira)
Southeast Alaska Discovery Center (Este espaço dedicado a historia do homem e da natureza da região)
Totem Heritage Center (Colecao de mais de 30 totens originais)
................................................................................................................................................................ 
Sitka
A cidade de Sitka era a capital da América russa até que o Alasca foi vendido em 1867 para os Estados Unidos.

 
Destaques
St Michael’s Cathedral (repléica de uma catedral ortodoxa russa de 1848 que foi destruída num incêndio em 1966)
Sitka National Historic Park (parque repleto de totens, artesões e uma ótima vista)
Monte Edgecumbe (vulcão com o topo coberto de neve, muitas vezes comparado ao Monte Fuji no Japão)
Lindas trilhas para caminhadas
Alaska Raptor Center (é possível passear pelo parque que cuida de águias, corujas e falcoes, ou até mesmo fazer uma visita guiada)
................................................................................................................................................................ 
Juneau
A capital do Alasca é a maior cidade em área dos Estados Unidos, com mais de 8 mil km2, dividida em algumas ilhas, ficando próxima à divisa com o Canadá.
Este movimentado centro da Inside Pasage não possui conexão por terra com o resto do mundo, situado entre altos picos de florestas e o canal de Gastineau. A cidade é repleta de joias históricas e atrações.
Durante o verão, a temperatura pode ser agradável, chegando a 20 graus, já no inverno, as temperaturas são muito baixas, o recorde foi em 1972 quando os termômetros marcaram 30 graus negativos.

 
Destaques
Alaskan Hotel
Red Dog Sallon
Bondinho ao Monte Roberts (proporciona um lindo panorama da cidade)
Alaska State Museum (abriga artesanatos russos e nativos)
Mendenhall Glacier
Passeio  para observação de baleias
Passeio com trenó de cães
................................................................................................................................................................ 
Mendenhall Glacier
Esta magnífica geleira faz parte do maciço Juneau Icefield que formam icebergs que se deslocam rumo ao lago Mendenhall.

 
Destaques
Trilhas e caminhadas para ver a geleira mais de perto
Centro de visitantes
Rafting
................................................................................................................................................................ 
Glacier Bay National Park
O Glacier Bay National Park possuem seis geleiras que chegam até o mar e se partem em grandes pedaços que flutuam em uma baía habitada por jubartes, golfinhos e focas.  Além disso, há rios, lagos e montanhas cobertas de neve.

................................................................................................................................................................ 
Skagway
Esta pequena cidade turística é um vilarejo rodeada de picos elevados. São oferecidos passeios na “montanha russa do mundo”, um passeio inesquecível numa viagem de 32 km até o cume do White Pass, a 873 metros de altura que oferece panoramas das montanhas, cânions, cachoeiras, túneis, e locais históricos.

 
Destaques
Centro da cidade (todo o centro é tombado)
Klondike Gold Rush National Historic Oark
White Pass & Yukon Route
Chikoot Trail
................................................................................................................................................................ 
White Pass & Yukon Route
Esta panorâmica ferrovia foi construída originalmente sobre o White Pass, hoje funciona apenas para turistas numa viagem panorâmica de ida e volta com três horas de duração.

................................................................................................................................................................ 
Anchorage
Anchorage é o ponto de partida para conhecer o Alasca, a maior cidade da região abriga mais de 40% de toda a população do Alasca. A cidade é um polo cultural que oferece a oportunidade de conhecer um pouco mais da região.

 
Destaques
Earthquake Park
Portage Glacier
Anchorage Museum of History and Art (que abriga pinturas que têm o Alasca como tema e dioramas dos tempos pré-históricos aos dias de hoje)
Alaska Native Heritage Center (Possui a reconstrução de um vilarejo e atores que demostram a cultura através da dança)
................................................................................................................................................................ 
Portage Glaciar
Para conhecer o glaciar é necessário fazer um passeio de barco que se aproxima da geleira, pois o glaciar está com recuo permanente e hoje em dia não é mais possível ser visto do centro de visitantes. O Glaciar fica a 80 km sudoeste da cidade.

................................................................................................................................................................ 
Valdez
A pitoresca cidade de Valdez fica na encosta das montanhas cobertas de neve, ao longo de um braço do estreito Principe William, uma grande baía repleta de vida selvagem, ilhas e geleiras.

 
Destaques
Trans-Alaska (o oleoduto que corre 1228 km sobre a superfície, onde o petróleo é transferido para os navios petroleiros)
Columbia Glacier
Valdez Museum
Caminhadas
Rafting
................................................................................................................................................................ 
Columbia Glacier
Esta geleira que fica na cidade de Valdez possui mais de 4,8 km de largura e 77 metros de altura, e continuamente desloca icebergs para o mar.

................................................................................................................................................................ 
Seward
Este porto pesqueiro é uma das maiores cidades da península de Kenai, cercado pelo Kenai Fjords National Park. 

 
Destaques
Montanhas Kenai cobertas de neve
Alaska Sealife Center
Kenai Fjords National Park
................................................................................................................................................................ 
Alaska Sealife Center
O Alaska Sealife Center exibe a vida marinha da região, com aquários, diversos tanques, além do “tanque de toque” onde é possível tocar nos animais.

................................................................................................................................................................ 
Kenai Fjords National Park
O Kenai Fjords National Park abriga 2347 km de geleiras, é um ótimo destino para fazer um cruzeiro pelas geleiras do Alasca. Os passeios de barcos pelos mares glaciais possibilitam a oportunidade de encontrar baleias, lobos marinhos, golfinhos e vários outros animais típicos da região.

 
Destaques
Alasca Wildwife Refuge (refúgio repleto de aves marinhas típicas da região)
Viagens de barcos
Hard Icefield
Rio de gelo azulado
................................................................................................................................................................ 
Homer
Este pitoresco vilarejo a beira d’água é conhecida como a capital mundial do linguado-gigante. Um destino muito procurado para a pesca, os passeios diários incluem varas, iscas e toda a aparelhagem e instruções necessárias.

 
Destaques
Homer Spit (trecho de terra que avança dentro da baía)
Kachemak Bay State Park
Fishing Hole (buraco cavado pelo homem para pescar salmão)
................................................................................................................................................................ 
Kachemak Bay State Park
O Kachemak Bay State Park possui várias trilhas que podem ser exploradas, a mais conhecida leva à Grewingk Glacier, a belíssima geleira Grewingk.

................................................................................................................................................................ 
Kodiak Island
As ilhas Kodiak se estendem por 160 km do golfo do Alasca, é a segunda maior ilha dos Estados Unidos. A ilha é famosa por ser o lar doa ursos Kodiak, as três principais ilhas que compõem o arquipélago são: Kodiak, Afognak, e Shuyak, em uma área que abrange cerca de 5.000 quilômetros quadrados. Na mesma área, há cerca de 3.000 ursos e cerca de 14.000 pessoas.
Os ursos pardos estão entre os seis mamíferos nativos da região Kodiak, além de raposas, lontras, morcegos. Focas, leões-marinhos, golfinhos e baleias e vários são comuns ao longo da costa.

 
Destaques
Kodiak National Wildlife Refuge
Baranof Museum
Rua Shelikof
................................................................................................................................................................ 
Kodiak National Wildlife Refuge
Esta famosa ilha abriga 2500 ursos Kodiak – o maior urso pardo do mundo, alguns chegam a ter 3 metros de altura e pesar mais de 600 quilos. Conhecer o Kodiak National Wildlife Refuge pode ser a experiência de uma vida, mas o Refúgio só pode ser alcançado por barco ou hidroavião, por isso é necessário planejar a visita.

 
Destaques
Observação de pássaros (mais de 200 espécies já foram registradas na região e a maioria pode ser encontrada no refúgio)
Passeios para ver os ursos (o passeio exige um voo de 45 minutos de hidroavião)
................................................................................................................................................................ 
Península do Alasca
Ideal para observar a natureza e sua vida selvagem, esta região é dominada pela cadeia de montanhas do Alasca.

 
Destaques
Monte Novarupta
Katmai National Park
McNeil River State Game Sanctuary
................................................................................................................................................................ 
Katmai National Park
Um dos melhores lugares do mundo para ver ursos pardos, o Katmai National Park abrange uma área de mais de 16 mil quilômetros e abriga o Valley of 10.000 Smokes (vale das 10 mil fumaças), onde gases de altas temperaturas e cinzas são expelidos em meio a uma paisagem lunar.
O Rio Brooks abriga uma das maiores concentrações sazonais de ursos pardos do mundo, com mais de 2000 ursos. Os ursos que se aglomeram no Brooks Camp para se alimentar de salmão-vermelho na Brooks Falls ou em outros lugares ao longo do rio Brooks. Plataformas de observação ao longo do rio acomodam visitantes, minimizando o efeito sobre o comportamento do urso.

 
Destaques
Vulcões, alguns ainda fumegantes
Caminhadas
Passeios de canoa e caiaque
Pescar em rios transparente como vidro
Ver ursos pardos pescando sua presa, mergulhando ou capturando salmão no ar 
................................................................................................................................................................ 
McNeil River State Game Sanctuary
Este santuário protege cerca de 200 quilômetros quadrados de habitat dos animais selvagens e o acesso se dá por táxi aéreo desde King Salomon ou Homer. Além de ursos marrons e salmão, é possível encontrar raposa vermelha, esquilos árticos, focas e águias. Outros animais selvagens que podem ser observadas no santuário incluem alces, renas, lobos e aves marinhas.
Muitas pessoas procuram o programa para fotografar os ursos. O programa de autorização de acesso foi desenvolvido com objetivo de proporcionar ao público a oportunidade de ver e fotografar os ursos, minimizando seus impactos para os ursos e os habitats da vida selvagem. O programa limita o número de pessoas que podem estar presentes em McNeil River Falls para não mais que 10 pessoas, entre 07 de junho e 25 de agosto.

................................................................................................................................................................ 
Ilhas Aleútas
Os topos da cadeia de montanhas Aleútas criaram uma sequencia de ilhas que se estendem por 1932 km no Oceano Pacifico. A maioria da população vive em Unalaska e possui a maior produção de frutos-do-mar do país.

 
Destaques
Porto
Unalaska
Igreja Ortodoxa Russa da Sagrada Ascensão de 1827
................................................................................................................................................................ 
Nome
Esta cidade que está mais próxima da Rússia do que de Anchorage, sua população é de cerca de 3.600 pessoas.

 
Destaques
Last Train to Nowhere
Anvil Creek
Trilhas
Passeios de trenó puxado por cães
................................................................................................................................................................ 
Fairbanks
A segunda maior cidade do Alasca está apenas 241 km do Círculo Ártico, o sol quase não desaparece na linha do horizonte, as longas horas de escuridão durante o inverno tornam o local ideal para apreciar a Aurora Boreal, um fenômeno de luzes produzidas no céu por partículas de elétrons e prótons do vento solar.

 
Destaques
Possibilidade de ver a Aurora Boreal
Ice Museum (um freezer onde se pode entrar que conserva impressionantes esculturas no gelo)
Pioneer Park
................................................................................................................................................................
Arctic National Wildlife
Este passeio é uma verdadeira aventura exploratória na norte do continente em busca do maior predador terra, o Urso Polar. Podendo ter a oportunidade de ver, fotografar e admirar essa criatura incrível no seu habitat natural.

................................................................................................................................................................ 
Denali National Park
O Denali National Park é a maior atração do Alasca. O Monte McKinley é o mais alto dos Estados Unidos, com 3048 metros de altura. O Parque abriga ursos pardo, alces e diversos animais selvagens.

 
Destaques
Monte McKinley
Rafting no Rio Nenana
Lago Wonder
Viagem de trem do Alaska Railroad
................................................................................................................................................................ 
Aventura no Alasca de Navio
Uma viagem de navio é uma ótima opção para conhecer o Alasca, pois permite passar por labirintos de canais, podendo apreciar a todo momentos as belas paisagens das geleiras.
Muitos viajantes procuram ir ao Alasca entre julho e agosto, pois até às 20 horas ainda há sol, o que faz com que os dias sejam mais longos e o espetáculo prolongado, pois conforme a luz reflete nas geleiras, novas cores vão surgindo, transformando a cada hora num novo espetáculo.

................................................................................................................................................................ 
Cruzeiros
Boa parte das atrações do Alasca está voltada para o mar. Para ver baleias, lobos marinhos, aves de todos os tipos, icebergs de todas as formas é recomendado um cruzeiro pelas águas congeladas do Ártico. Afinal, dormir e acordar com paisagens brancas, geleiras e as cores mais impressionantes que a natureza pode oferecer são uma experiência imperdível. 


................................................................................................................................................................
> Veja também: O que fazer no Alasca

 
Poderá também gostar de:
Minas Gerais
 Brasil  Minas Gerais    Belo Horizonte    Arredores de Belo Horizonte
Brasília
Brasília
Resoluções de viagem para o próximo Ano
Para ajudá-los a transformar o ato de viajar em uma prioridade para o próximo ano, nós fizemos uma  lista de resoluç&
Pantanal
Conheça Pantanal Brasileiro, à maior planície alagável do planeta.

Busca

Tradutor

Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Spanish