Catedral de Sal de Zipaquirá

Catedral de Sal de Zipaquirá
 
A Catedral de Sal de Zipaquirá, localizada a 50 km de Bogotá, foi construída no interior de uma mina de sal e encontra-se a 180 metros abaixo do solo. A bela catedral se transformou num dos destinos religiosos mais famosos e visitados da Colômbia. Além disto, é considerada uma das construções arqueológicas mais interessantes do país.
A pitoresca cidade de Zipaquirá está a 2.652m de altitude, pouca coisa a mais que Bogotá. Charmosa com seus telhados de telhas vermelhas e sacadas de madeira, era um vilarejo puramente mineiro, pois em suas colinas estão escavadas minas profundas de onde se aproveitava a enorme riqueza mineral. O município é conhecido como a "cidade de sal" por ser um dos centros mais importantes de exploração deste mineral na Colômbia.
A fé dos mineradores moveu do interior da terra toneladas de sal e desenhou um santuário religioso. Foi na metade do século XX, dentro de uma destas minas que se construiu um centro religioso imponente, com altares, paredes e belíssimas cenas da Via Crucis esculpidas em sal.
Devido à instabilidade da primeira mina, a nova Catedral de Sal foi inaugurada em 1995, para sua construção foram extraídos 250 mil toneladas de rocha de sal. Esta mina é a maior reserva de rocha salina do mundo.
A Catedral de Sal de Zipaquirá é considerada a primeira maravilha da Colômbia e representa o caminho que Jesus Cristo fez desde o Pretório até o Calvário. Debaixo da terra, na mina de sal, ainda é possível conhecer a capela construída pelos mineiros e realizar a “rota dos mineiros”.
A Catedral faz parte do complexo temático Parque do Sal que possui uma área de 32 hectares e constitui uma reserva natural.
A visita é orientada por guias mineiros que explicam como funciona a mina. Há várias opções de ingressos, os mais caros incluem outras programações, como vivenciar um pouco da rotina dos mineiros. A temperatura interna é de 17ºC. O passeio inclui a passagem uma via-sacra de 2 km de extensão, a descida até a catedral é lenta, é recomendado usar calçados cômodos.
Na primeira parte do tour subterrâneo é possível apreciar as quatorze estações da Via Sacra, esculpidas em pequenas capelas.  Seguindo por túneis que levam à grande cúpula, onde está uma cruz talhada na pedra de 16 metros, o altar e a representação da obra "A Criação de Adão", de Michelangelo.
Visitar a catedral de sal é ter a oportunidade de entrar num mundo subterrâneo de 8.500 metros quadrados para apreciar imagens religiosas e representações perfeitamente esculpidas em sal que revestem as paredes da antiga mina. O passeio pode ser feito em um dia, os tours oferecidos pelas agências saem de manhã de Bogotá e retornam à tarde ou por conta própria.
Muitas pessoas provam as paredes para ter certeza se é mesmo de sal, portanto, em caso de dúvida não passe vontade, com certeza, você não será a única pessoa fazendo isso.
A Catedral de Sal é considerada uma das realizações mais notáveis ​​da arquitetura colombiana. Também tem sido denominada como "joia da arquitetura moderna". A catedral representa para o povo colombiano um valioso patrimônio cultural, ambiental e religioso.
 
História da Mina de Sal
A origem de Zipaquirá está na formação da Cordilheira Central colombiana. A mina é o resultado da evaporação de um pequeno mar que havia na região há 70 milhões de anos, ocasião em que uma grande "bolsa de sal" se formou no subsolo, deixando o sal preso numa cavidade no interior da terra.
A mina é a maior do mundo, e segundo especialistas esta jazida conta com reservas de mais de 250 milhões de toneladas de sal, o que segundo eles, essa quantidade poderia ser explorada durante os próximos 500 anos.
Em 1834, aproveitando os grandes buracos deixados pelo mineradores, a primeira Catedral de Sal começou a ser erguida. A fé dos trabalhadores já teria feito com que fossem construídos pequenos templos e motivou a construção de uma primeira catedral subterrânea nas salinas de Zipaquirá, em homenagem à Nossa Senhora do Rosário, padroeira dos mineradores. O resultado é um labirinto de paredes salgadas que se penetra na terra, passando por pequenos altares esculpidos em rochas de sal.
Hoje, a catedral é considerada a maior igreja subterrânea do mundo, com sua nave principal localizada a quase 200 metros abaixo da superfície.
Visitar a Catedral de Sal de Zipaquirá é ter a oportunidade de percorrer um labirinto de centenas de metros de túneis de sal, que conduzem a uma experiência única e surpreendente, independente da religião.
 
Zipaquirá
A cidade conserva muitas edificações de tempos coloniais e uma praça principal. A arquitetura se destaca por suas sacadas, janelas e largas paredes bem conservadas, além de suas ruas estreitas e pitorescas.
 
Destaques
Hospedaria El Libertador, construída em 1948
Trenzinho para fazer o city tour
Museu Arqueológico de Zipaquirá
Praça da Independência
 
Atrações e instalações dentro da mina
 
Parque Temático de la Sal
O Parque Temático de la Sal possui 23 hectares de espaço verde, cercado por natureza e locais para relaxar. O espaço é dedicado à mineração, geologia e cultura. É visitado por milhares de turistas a cada ano que, independentemente da religião, vão até a catedral para admirar sua beleza e seu design espetacular.
 
Catedral
A primeira catedral possuía três grandes naves com colunas improvisadas dominadas por uma grande cruz iluminada, mas com o passar dos anos a catedral se tornou insegura e foi fechada em 1990. Somente em 1995 foi inaugurada a atual Catedral.
A catedral de sal pode acomodar 10 mil pessoas. Embora claramente dedicado ao catolicismo, a "catedral" não é, de fato, reconhecido pela Igreja, e não tem caráter oficial.  O que não impedem visitantes e peregrinos de ir até a catedral para assistir as missas aos domingos.
O trajeto começa com a Via-Crúcis, que está representada por 14 salões temáticos, um para cada estação do caminho percorrido por Cristo até sua morte. O passeio dentro da Catedral de Sal de Zipaquirá tem uma duração de 60 minutos.
 
Destaques
Cúpula Azul, com sua abóbada arredondada, com luzes azuis em meio à escuridão que representa a comunhão entre céu e terra
Presépio gigante, esculpido pelo artista italiano Ludovico Consorte, em 1950
Nave central, que abriga o altar e uma grande cruz
Cruz talhada em baixo-relevo sobre uma rocha de sal que possui 16 metros de altura por 10 metros de largura e 80 centímetros de espessura
Pietá, retratada com rostos que lembram os traços dos nativos indígenas da região talhada em 1950 pelo escultor zipaquirenho Miguel Sopó
Virgem de Nossa Senhora do Rosário de Guasa, padroeira dos mineiros de Zipaquirá
Representação em três dimensões da imagem da Criação do Homem, feita originariamente por Michelângelo. A peça esculpida em mármore possui 2,6 metros de diâmetro, talhada pelo artista plástico Hugo Garcia Villalobos
 
Espejo de Agua
O espelho de água, local onde era uma salmoura (lugar para a saturação do sal), cujos arredores estão iluminados o que cria um efeito óptico fascinante.
 
Show de Luces
O show de luzes acontece numa sala escura com uns painéis de LED no teto, onde as luzes vão me movimentando e formando imagens que no ritmo da música.
 
Ruta Del Minero
Rota do mineiro é um tour por caminhos relativamente apertados e sinuosos que permite viver a experiência de ser um mineiro, em um interessante passeio guiado, trabalhando com equipamentos e segurança inerente à atividade. No final, há ainda uma simulação de explosão, processo utilizado pelos mineiros para extração. O tour  tem uma duração de 30 minutos.
 
Museo de la Salmuera
O "Museu da Salmoura" foi construído nos tanques já em desuso. O passeio nas antigas estruturas usadas para o processamento do sal permite conhecer o processo da exploração, sua história, a construção e engenharia da Catedral de Sal.
Duração de 20 minutos.
 
Filme 3D
O vídeo em terceira dimensão “Guasa tesouro de um povo”, com duração de 15 minutos, mostra a dinâmica da mineração do sal e as diferentes etapas geológicas.
 
Praça
A praça de bandeiras onde se encontra a escultura de Nossa Senhora de Guasá (que significa sal e água) que é a santa patrona dos mineiros.
 
Destaques
Cruz Cardial
Monumento mineiro
Campanário
Fontes
Nossa Senhora de Guasá
 
Muro de Escalada
O muro de escalar é a maior parede de escalada na Colômbia. Uma estrutura imponente inspirado na árvore Ceiba.
 
SERVIÇO
A Catedral de Sal de Zipaquirá fica a 50 quilômetros do centro de Bogotá, a capital da Colômbia, numa viagem tranquila, por boas rodovias. Funciona todos os dias das 9 horas às 17 horas. Nos domingos é celebrada uma missa às 13 horas. Quase todas as empresas de turismo da cidade oferecem o tour à Catedral do Sal.
Para conhecer a cidade é possível ir de ônibus, trem, táxis ou tour privados oferecidos por agências de viagens. Os pacotes oferecidos pelos motoristas de táxi por um dia na cidade devem ser pesquisado.
A Catedral de Sal de Zipaquirá é praticamente uma visita obrigatória na Colômbia, especialmente para quem já conheceu as principais atrações de Bogotá.
 
Para saber mais sobre a atração, visite o site: www.catedraldesal.gov.co
 
Horários:
Segunda a sexta das 9 às 16:30. Sábados e Domingos das 9 às 17:00. Missa aos domingos às 13:00. 

Poderá também gostar de:
10 Maneiras Incríveis de começar o ano viajando
Selecionamos algumas experiências incríveis para começar o ano da melhor maneira possível: viajando.
Isla Victoria
Um passeio clássico e imperdível à Isla Victoria, um dos principais atrativos do Parque Nahuel Huapi. 
Parque Harry Potter – Diagon Alley
Conheça o Beco Diagonal do Harry Potter no Parque Universal Studios em Orlando.
Bahia
 Brasil Bahia   O que fazer em Salvador

Busca

Tradutor

Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Spanish